Duplicação da BR-153 em Rio Preto, SP, começa com medições - Costa e Brito
Novidades

Duplicação da BR-153 em Rio Preto, SP, começa com medições

Obras em trecho de Talhado começariam na segunda-feira. 
Primeira etapa, responsabilidade da Transbrasiliana, custará R$ 20 milhões.

As obras de duplicação da BR-153 na região noroeste paulista que estavam previstas para começar, apenas teve medições na manhã desta quarta-feira (20). A equipe do Tem Notícias percorreu durante o trecho que está previsto ser duplicado e não encontrou máquinas.

A primeira etapa, de responsabilidade da Transbrasiliana, vai custar R$ 20 milhões. Serão 2,6 quilômetros do distrito industrial Carlos Arnaldo, de São José do Rio Preto (SP), até o trevo de Talhado. A prefeitura já desapropriou os trechos necessários para as obras. Os 17 quilômetros restantes serão feitos pelo Dnit, Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte. Uma construtora já venceu a licitação e o valor desta outra etapa é de R$ 180 milhões. Este segundo trecho vai de Rio Preto até Bady Bassitt (SP) e deverá ficar pronto em três anos.

A assessoria da Transbrasiliana confirmou que as obras de duplicação da BR-153 começariam na segunda-feira (18), que não ocorreu. Segundo a empresa, a empreiteira contratada se deslocaria para o local das obras, assim que o maquinário chegasse. O engenheiro responsável já está em Rio Preto.

O projeto desenvolvido pela prefeitura de Rio Preto ainda prevê a construção de pontilhões, passarelas e canteiros centrais. A segunda etapa da obra está prevista para começar logo em seguida e deve durar pelo menos três anos.

Foram quase dez anos de espera. A pressão popular fez com que políticos prometessem  o início da obra, que nunca saia do papel. Desta vez, a expectativa é de que os trabalhos comecem e terminem dentro dos prazos.

Fonte: G1